Sala de imprensa

Notícias

29/07/2020

Mudanças na gastronomia exigem qualificação profissional

A pandemia trouxe muitas mudanças para a gastronomia. A principal delas foi a necessidade de se adaptar às novas exigências de distanciamento social, fazendo com que o empresário do ramo tenha que se reinventar, adaptando cardápios, treinando a equipe de trabalho para que adotem protocolos de higiene e segurança alimentar e investindo nas entregas por delivery.

Essa modalidade de entrega tem sido uma alternativa para muitos restaurantes. A estimativa é de que desde o início da pandemia, o aumento dos pedidos de comida por delivery tenha sido em torno de 37% em Curitiba.

A professora do curso de Tecnologia em Gastronomia da Faculdade Senac PR, Sandra Jussara Kuchnir acredita que o delivery veio para ficar, pois as pessoas estão se acostumando a utilizar esse tipo de serviço com mais frequência para receber o alimento no conforto de suas casas.

Porém, ela lembra que, para que tudo saia a contento, é necessário saber oferecer esse serviço de forma adequada, tomando cuidados com o tempo de produção do prato, tempo de entrega, o tipo de embalagem adequada para que o alimento chegue corretamente na casa do cliente e na atenção ao enviar o pedido para que não falte nenhum item.  "Além disso é claro que também é imprescindível tomar todos os cuidados com a higiene", afirma.

Formação

A matriz do curso de Tecnólogo em Gastronomia da Faculdade Senac traz diversas disciplinas que apresentam ao aluno soluções e entendimentos relacionados ao momento pelo qual estamos passando.

"Posso citar algumas como Segurança e Higiene de Alimentos, onde o aluno compreenderá a importância do cuidado no preparo do alimento, mantendo todas as normas de higiene que sempre foram exigidas na cozinha e que agora se tornaram ainda mais rígidas. Por meio da disciplina de Planejamento e Elaboração de Cardápios e Fichas Técnicas será possível desenvolver cardápios mais enxutos tendo em vista a necessidade de se reduzir a equipe de cozinha, aproveitando a sazonalidade do alimento, criando pratos com preparos mais rápidos para facilitar o serviço de delivery.  O aluno ainda aprenderá como preparar diversos produtos como pães e doces, que poderão servir como fonte de renda nesse momento de crise. Ou seja, o curso de Gastronomia com certeza trará conhecimentos importantes para o enfrentamento de situações críticas como a que estamos passando", detalhou a professora Sandra.

Infraestrutura

Garantir uma infraestrutura que dê suporte ao aprendizado do aluno é uma das premissas do Senac PR. As Faculdades de Tecnologia Senac PR estão preparadas e equipadas com o que há de mais moderno para que os formandos saiam atualizados e com total capacidade de inserção no mercado de trabalho.

Já que uma cozinha profissional não se faz apenas de panelas, frigideiras e mexedores, os ambientes pedagógicos contam com termociculadores, fornos combinados, ultracongeladores e outros itens de ponta que fazem toda a diferença no processo de aprendizagem e permitem que os pratos criados sejam ainda mais criativos.

Além disso, o corpo docente passa constantemente por atualizações e capacitações, tanto internas, quanto externas. O objetivo é compartilhar com os alunos o melhor e mais atual conteúdo no universo da gastronomia.

Matrículas abertas

Para quem procura formação de qualidade, o Senac PR oferece ensino superior em Tecnólogo em Gastronomia. As aulas são ministradas na Faculdade Senac Curitiba Centro e na Faculdade Senac Maringá.

O curso tem duração de dois anos e dispõe de uma grade completa, equilibrando teoria e prática e formando profissionais aptos a atuarem tanto na área da cozinha, quanto na gestão.

Com o Programa de Parcelamento Acadêmico da Faculdade Senac, o aluno paga metade do valor enquanto está estudando e a outra metade após a conclusão do curso.

A inscrição para o vestibular agendado pode ser feita pelo site https://www.pr.senac.br/faculdade. Também são aceitas transferências de alunos de outras faculdades. As aulas começam no dia 11 de agosto.

Autor: Carolina Gomes

Fonte: NCM